quinta-feira, 17 de maio de 2018

LOOK DO DIA: BRUSINHA NOVA (FEITA POR MIM)

Eu ainda sinto orgulho e alegria quando faço minha própria roupa, e não sei se isso um dia vai passar. Eu pedi a ajuda da minha mãe pra eternizar uma 'brusinha' (aqui em casa, embora minha mãe xingue ela já foi vencida pelo cansaço, só falo assim, desculpa gente, é mais forte que eu) que tenho e amo, lembra da história do amor pela roupa que vira uniforme? Novidaaaade! Então pra testar se ia dar certo o molde, peguei outro tecido antes de ser o qual comprei para essa finalidade. Aí vem um detalhe que quero contar aqui. Uma coisa legal de casa de costureira, é que sempre tem retalho, ora maiores, ora pequeninos, mas tem. E foram esses retalhos que me ajudaram no teste do molde. Deu até pra brincar com texturas (olha a dica: quando você usar a mesma cor na roupa fica super legal misturar texturas com tipos diferentes de tecidos), usei um resto de crepe da calça do look anterior (olha aqui) e um outro tecido que imita couro, com uma aparência diferentona. E oh, deu certo! Agora uma de cada cor! Hehehe...

Blusa (eu que fiz) | Short Asker | Tênis Vans | Colar Itcha


quarta-feira, 16 de maio de 2018

MINHA HISTÓRIA ATRAVÉS DAS MINHAS TATUAGENS


Esses dias tava pensando sobre tatuagem, como elas às vezes vêm cheias de significados, e às vezes como diz Cris Guerra apenas “significa que eu tinha dinheiro e o tatuador tinha horário”! É legal que as minhas mais simples significam tanto, essas são “marcas” importantes que tenho. A estrela, foi minha primeira tatuagem, presente de aniversário de 18 anos que o Wallace me deu. Ele  já tinha uma no mesmo lugar, e quando me tornei maior quis fazer também, poderia parecer loucura (apesar de não ser o nome dele), mas hoje quase com dezoito anos de relacionamento vejo que não foi. Na época tatuei aquele "M" símbolo de escorpião nas costas e a estrela. 

Alguns anos depois da Ana Clara nascer tatuei o "CLARA" e o Wallace o "ANA", acima da nossa estrela. O significado de  “Clara” é: claro, brilhante, luminoso, ilustre. Apesar da estrela ter luz própria acho que a minha agora ganha mais luz pra brilhar mais. Se a primeira tatuagem simbolizava meu relacionamento, a palavra que simboliza a pessoa e a acompanha, abrilhanta mais ainda essa união. É ela que me ilumina! 

Palavra/nome ótimo para se ter no corpo né?!? Dois amores na pele, pra sempre! 🖤 

terça-feira, 15 de maio de 2018

LOOK DO DIA: LOOK TODO FEITO AQUI!

Postei esse look no Instagram acompanhado de um desabafo, (se ainda não me segue faça o favor @docemelissa), e também com uma satisfação, conto o porquê. O desabafo se trata dos velhos e borings padrões, é sobre medidas, sobre regras de se vestir... sim, tudo um saco! E é aí que vem a satisfação, o look foi feito por mim e minha mamis maravilhosa, a costureira mais f#$%*@ desse universo! Meu último post aqui foi justamente um desabafo da frustração de não ter um corpo pra usar uma peça que acho tão bacana, e hoje eu venho aqui postar uma saída que tenho pra vencer isso de vez em quando. Digo de vez em quando, porque no caso da calça mom jeans, não dá pra fazer por causa da lavagem do jeans (não fica a mesma coisa), e também tem aquela estampa linda e exclusiva das marcas, aí realmente não dá pra fazer tão igual. Mas quando são peças mais básicas, rola demais. Principalmente quando os modelos saem dessa cabecinha aqui! Então, junto com a satisfação de fazer a roupa, vem a de chutar os padrões, sim, porque não sou uma pessoa de pouco busto, e sim, tem listras e alcinha! A pessoa que mais interessa gostou, no caso: EU!

Top (feito por mamis) | Calça (feita por mim) | Sandália Melissa | Pulseira Renner


segunda-feira, 12 de março de 2018

DESABAFO: FRUSTRAÇÕES DE QUEM NÃO COMPROU A MOM JEANS


Ai como você é dramática! Sim. Eu sou. Mas você já alimentou uma grande esperança pra ter, sentir, degustar, etc, algo e na hora em que teve a oportunidade, o que aconteceu foi uma baita frustração?!
Pois se isso já aconteceu com você (e eu aposto que sim), saberá/entenderá o que digo.

Eu nunca falei dela por aqui, mas já faz um tempão que a tal mom jeans tá por aí, nas ruas, lojas, lembrando a gente da década mais maravilhosa que foram os anos 1990! Lembra daquela calça, que a mãe da gente usava, alta, meio larga nas pernas porém afunilada na barra?! Aquela que os homens hoje tem pavoooor?! Pois é, essa mesma! [Hahaha]

Eu comprei uma na Marisa, a qual eu ainda não usei, mas eu queria mais, um jeans mais bonito, uma bainha mais bem feita (a minha é desfiada), uma pegada totalmente 90's. Eis que encontrei na C&A, quando dava um passeio com minha mãe e filha. Experimentei e até gostei, mas não comprei, foi aquele raro momento que minha razão falou mais alto. No dia seguinte em ooooutro shopping, fui á mesma loja e procurei a mesma calça. No provador, uma coisa muito chata, um sentimento que me deixou bem pra baixo... Eu lembrei de todas as fotos que salvei no Pinterest de referência, e minha ficha então caiu: modelos ou pessoas com corpos de modelos, era esse o padrão das pessoas que usavam tal peça. Eu, meu quadril levemente (bem levemente) largo e minha barriga saliente, não cabia nessa trend tão bacana, que remete a uma época tão legal da minha vida!

Não sou o tipo de pessoa que aceita que determinada roupa não é pra mim ou pro meu corpo, normalmente eu faço ou peço minha mãe pra fazer aquela roupa que vai se adaptar ao meu corpo e não o contrário. 
Mas dessa vez... dessa vez eu senti que não poderia. Sabe quando te deixam de fora de algo que você queria muito fazer?!

Bem, eu não tô aqui pra criticar o mercado, não hoje... até porque a loja tinha meu número e até maior, segundo, que com uma pesquisa mais demorada no Pinterest, é possível achar modelos plus size usando o mom jeans, mesmo que ele não tenha a aparência clara, das características que citei acima. É só pra registrar um desabafo meu, e porque sei que, assim como eu, muitas pessoas, muitas mulheres passam por isso. Sejam elas gordas ou magras.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

LOOK DO DIA: ALL JEANS

Quando eu trabalhei em loja de roupa feminina, eu sempre perdia venda, por um fato corriqueiro. A cliente idealiza uma roupa, e só enxerga aquela peça, ela tem que encontrá-la, então independentemente do que você mostre, provavelmente não vai interessá-la.
Por que eu tô falando isso? De uns tempos pra cá, eu tô buscando uma pantacourt (a peça da vez) jeans, e toda loja que eu entro, tenho que dar aquela pesquisada rápida. E não é que finalmente achei uma que eu amei!
Aproveitei pra usá-la com duas tendências, blusa de "ombro a ombro", e uma sandália pink. Tem outra coisa compondo o look também que ando fazendo coleção, que é o colar de elos de acrílico. Onde vejo uma cor que me agrade eu compro, e tô sempre buscando uma cor nova e elos maiores, porque sou dessas.

Jeans Pantacourt Renner | Blusa Sak | Sandália Moleca (Renner) | Colar Beco Acessórios
Bracelete Renner